Empréstimos no Brasil


Empréstimos sem Consulta ao SPC

O banco de dados do SPC revela informações sobre a inadimplência dos consumidores, passíveis, normalmente, de propalação, mas, também, tem ingressado na seara da privacidade alheia, revelando meras passagens dos mesmos em lojas para simples consulta sobre produtos e serviços e os valores exigidos para a obtenção destes, mesmo que a inadimplência não tenha se configurado. Segundo o SPC, "quando qualquer associado, ou mesmo um funcionário interno, acessa o sistema, mesmo que não seja realizada a compra ou concretizado o financiamento, as consultas efetuadas ao CPF do consumidor fazem parte do banco de dados por 90 dias".

O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou as instituições financeiras a concederem empréstimos a pessoas que tenham cadastro negativo no SPC e Serasa.

A nova resolução altera o item IX da Resolução 1.559, de 1988, que impedia a liberação de empréstimos sem consulta ao SPC a inadimplentes negativados nos cadastros de crédito. Com isso, os bancos ficam agora encarregados de decidir se o cliente com nome sujo na praça poderá adquirir ou não o empréstimo, desde que "atendam aos princípios de seletividade, garantia, liquidez e diversificação de riscos".
A maioria dos lugares hoje em dia estão aceitando fazer empréstimos sem consulta ao SPC

Então hoje quem tem nome inscrito no SPC ou Serasa pode pedir financiamento imobiliário?

A princípio não pode porque os órgãos administradores de linhas de crédito imobiliário governamentais exigem a regularização de qualquer dívida que conste no prontuário de quem solicita a liberação do financiamento. Já com as linhas de crédito privadas (financeiras e bancos) a situação é ainda pior por visarem lucro. Somente interessa para estas empresas a liberação de créditos daquelas pessoas que com certeza possam pagar (e o melhor indício desta possibilidade e da boa-fé do solicitante é, justamente, seu passado financeiro). As empresas são absolutamente livres para se negar a conceder o financiamento.

Entretanto, da mesma forma, caso o histórico do cliente seja bom junto ao banco, é possível conseguir um financiamento, empréstimo sem consulta ao SPC mesmo com o nome sujo. Isso é possível, pois, como explicado anteriormente, o banco é livre para conceder ou negar financiamento a quem ele quiser (podendo, portanto, ignorar suas próprias exigências em casos especiais).

Um empréstimo é um tipo de dívida. como todos os instrumentos de dívida, um empréstimo sem consulta ao SPC  acarreta a redistribuição de bens financeiros no decurso do tempo entre o devedor e o credor. Este período de tempo é denominado serviço do empréstimo sem consulta ao SPC.

O devedor recebe uma quantia de dinheiro do credor, que lhe pode ser dada na totalidade inicialmente, como por exemplo para a compra de uma habitação já construída, ou aos poucos , como no caso da construção de uma habitação, em que o dinheiro é disponibilizado segundo as fases de construção, à medida que vai sendo necessário. O devedor devolve o dinheiro ao credor habitualmente  em prestações regulares. este serviço é geralmente fornecido por um preço, denominado de juro da dívida.

Uma das principais funções de uma instituição financeira é agir como fornecedor de empréstimos. Para os bancos, os empréstimos são geralmente financiados por depósitos. Outras instituições tipicamente recorrem a contratos de dívida, tais como obrigações, como fonte de financiamento.

O excesso na concessão de empréstimos denomina-se crédito abusivo. Normalmente envolve conceder empréstimos que se sabe de antemão que o devedor não tem forma de pagar, para depois o obrigar a agir de determinada forma (por exemplo, forçando-o a vender um bem quando nunca o faria livremente), ou então com a conivência do devedor para obter um suborno. O crédito abusivo constitui fraude, independentemente da motivação, e é punível com penas de prisão em grande parte do mundo.

O excesso de contração de empréstimos denomina-se sobre endividamento, e é cada vez mais comum nas sociedades consumistas. Com a proliferação das formas de crédito (cartão de crédito, linhas de crédito via telefone, crédito hipotecário, adiantamento do salário), a falta de previsão financeira pode levar uma pessoa a contrair mais dívidas do que lhe é possível suportar com o seu rendimento, entrando assim em falência pessoal.


Links Relacionados

Mycrocred
Crédito rápido e sem burocracia. Sem consulta ao SPC/SERASA. Limite de crédito definido de acordo com a margem de consignação.
http://www.mycrocred.com.br/emprestimo.asp


Assessoria & Consultoria - Assistência Financeira
Empréstimos para Assalariados e Autônomos.
http://www.semlimites.net/empresa.php?cod_emp=14


Empréstimos
Classificados de empréstimos em todo o Brasil.
http://odia.terra.com.br/classificados/anuncios/c_domingo_32200.htm




Veja mais Empréstimos sem Consulta ao SPC.


Belo Horizonte - Empréstimos sem Consulta ao SPC
Brasília - Empréstimos sem Consulta ao SPC
Curitiba - Empréstimos sem Consulta ao SPC
Fortaleza - Empréstimos sem Consulta ao SPC
Porto Alegre - Empréstimos sem Consulta ao SPC
Rio de Janeiro - Empréstimos sem Consulta ao SPC
Salvador - Empréstimos sem Consulta ao SPC
São Paulo - Empréstimos sem Consulta ao SPC